Destaques

SANTA DULCE DO BRASIL

By 14/10/2019 No Comments

Santa Dulce – foto – Google

UMA MULHER FORTE

SANTA DULCE

DO BRASIL

Por um País mais Saudável!

  1. Peralta.
  2. O Papa, neste dia 13 de Outubro, gravou, para a posteridade, uma grande lição do Evangelho: a luta contra a indiferença!

Canonizou, declarou Santa da Igreja, a Irmã Dulce, a santa dos pobres.

Uma mulher franzina, que dedicou toda a sua vida para melhorar a vida dos excluídos, dos necessitados.

Isto é o que mais prolifera, nestes tempos, de muita corrupção, obra de uma minoria de nosso povo!

Santa Dulce foi uma mulher forte de caráter e determinação.

Com tantos Santos, na fila, para canonizar, e o Papa pôs Irmã Dulce, na frente.

Alguma lição ele nos quis dar nessa prioridade.

Se, em cada uma das grandes cidades do Brasil, houvesse uma mãe dos pobres, como Dulce, o Brasil seria bem mais acolhedor e o povo teria mais bem-estar; o desemprego não seria uma praga, que deixa tantas famílias sem teto e sem pão!

Seria outra imagem do País!

  1. Santa Dulce do Brasil deixou, por onde passou, um rastro de luz e de benquerer.

Fez tudo o que pôde, para acabar com a pobreza e as doenças endêmicas.

O nome que mais lhe cabe, é Santa Dulce da Caridade: Santa Dulce da Luz, do Evangelho.

No seu hospital, no frontispício poderia constar a frase do Evangelho que lhe serviu de guia e inspiração:

“O que fizerdes aos mais pequeninos, aos pobres desta terra, é a mim que o fareis!” (Mt. 25.40).

A frase não está lá, mas todos a pressentem!

Todas as Igrejas Cristãs deveriam ter presente esta frase, para iluminar a missão de cada um.

Assim nasceu “Santa Dulce dos Pobres”.

  1. Em Santa Dulce, a Igreja mostra um caminho: ensina as pessoas a serem misericordiosas, porque:

Nem só do pão vive o homem”. (Mt. 4,4).

Todos precisam também de educação e de ética.

Isto Santa Dulce também fez muito bem.

Santa Dulce deixou à humanidade um grande legado, que pode fazer o mundo melhor e mais solidário:

Deixou um grande exemplo para a humanidade; um exemplo que ninguém pode esquecer:

Ensinou-nos que o amor é capaz de superar todos os obstáculos.

Nas obras sociais da Irmã Dulce, há escolas e hospitais, para cuidar do corpo e da mente.

Em todos os espaços das Igrejas Cristãs, como nas Mesquitas e Sinagogas, todos deveriam aprender as bases da convivência da humanidade; aprender a generosidade, a fraternidade, a solidariedade, a compaixão e o amor mútuo.

Aprender os valores físicos, morais e espirituais: aprender também o valor da sabedoria!

  1. Santa Dulce do Brasil deu-nos um exemplo de grande coragem.

Ensinou-nos a bipolaridade do Cristianismo e do Teísmo de modo geral:

Ensinou-nos o amor a Deus e a toda a gente.

Porque Deus está no próximo.

Ensinou-nos a buscar o saber e a sabedoria…

Por isto, não há Cristianismo sem caridade, sem espírito de cidadania.

Depois de Dulce do Brasil ninguém mais pode alegar ignorância da lei maior: O Amor mútuo, sem tergiversar…

Se todos quisermos, poderemos fazer de nosso país, o Brasil, um país mais próspero e mais saudável para todos.

Penso que esta é a grande lição do Papa e da Santa Dulce dos Pobres:

Podemos ajudar a superar a pobreza material e espiritual.

Todos podemos fazer algo por um mundo melhor e mais saudável.

Cada um tem grande contribuição a dar.

Ninguém pode ficar indiferente aos males de nossa gente!

Santa Dulce do Brasil pode ser um “manual” de instruções para quem quer melhorar o mundo, seja qual for a religião que segue!

Texto: J.Peralta

Leave a Reply